COMO FAÇO PARA ENTRAR NO SPFW?

Oiii amores, bom dia!

Tudo bem?

Essa semana (de 23 a 28 de outubro), aconteceu mais uma semana de moda aqui em São Paulo, hoje (sexta, dia 28) é o último dia de desfile, e eu estava aqui pensando, como será que as pessoas conseguem convites para irem ao São Paulo Fashion Week? Como elas conseguem acesso para entrar lá? Você já teve ou tem essa dúvida? Pois é, eu estava com essa dúvida cruel, e como tenho muito vontade de ir ao SPFW, decide pesquisar pra saber e entender melhor como conseguir convite para entrar nesse evento.

Tenho muita vontade, interesse e curiosidade de ir no SPFW, deve ser uma experiência incrível e fantástica, mas por mais que esse evento aparente ser glamuroso, as semanas de moda têm como objetivo promover as marcas, ou seja, você está lá à trabalho. Fato é que, não tem como comprar convite e se você não for famosa ou bem relacionada e não tiver alguma função dentro desse ”mundo”, dificilmente irá conseguir entrar.

Mas enfim, vamos ao que interessa, não é mesmo!? Como faço para entrar no São Paulo Fashion Week?

spfw

1. COM CREDENCIAL DE IMPRENSA|BLOG: Vale lembrar que a credencial de imprensa só te dá acesso aos corredores do evento. Para assistir aos desfiles você precisará de convites individuais de cada marca. De qualquer forma, para requisitar o credenciamento você deve preencher um formulário no site do FFW (clique aqui para conferir) com seus dados e espera o feedback da produção. O requisito básico é ter um vínculo ou escrever para um blog, mas vale ressaltar que eles pedem o seu relatório de acessos e dão uma boa filtrada em quem entra ou não. Esse formulário fica disponível normalmente 2 meses antes das semanas de moda, e uma boa dica é tentar se cadastrar assim que for aberto. Não custa tentar, né!?

2. TRABALHANDO NO EVENTO: Outra opção é trabalhar na produção do evento. Toda edição a Luminosidade, empresa que organiza o SPFW, contrata monitores para ficar no backstage e nas salas de desfiles. Em geral são estudantes de moda ou comunicação, maiores de idade, que trabalham só durante a semana do evento. Além da remuneração, o mais legal nisso é ganhar experiência e ver de perto como funciona uma semana de moda.

3. COM CONVITES PARA OS DESFILES OU LOUNGES: A última forma de ter acesso ao evento é com convites para os desfiles. E para conseguir esses convites você tem duas opções: entrar em contato direto com as marcas ou as lojas e falar meio que na cara de pau mesmo, dizendo que quer prestigiar a marca ou por meio das assessorias de imprensa. No último caso, tem o mesmo requisito da credencial – ter ou fazer parte de um vínculo de comunicação. É só dar uma procurada na internet quem faz assessoria de qual marca e mandar um e-mail se apresentando e falando do seu blog e torcer pra dar certo. Comece a ver isso com um tempo razoável de 45 dias de antecedência.

calendario-da-moda-spfw-verao-2016-spfw-2016-line-up-desfile-spfw-2016-alex-cursino-moda-masculina-fashion-show-moda-sem-censura-blogger-digital-influencer-2

Além dessas maneiras, vocês conhecem alguma outra forma de conseguir convites e acesso ao SPFW? Se sim, deixe aqui nos comentários, quem sabe no ano que vem eu não consiga realizar esse sonho, de ir ao São Paulo Fashion Week, pode ser difícil, mas, não impossível né!?

Espero que tenham gostado!

Beijos ❤

Fonte: Blog Costanza Who

postado-eliz

Anúncios

Saiba como Descobrir o seu Estilo

Oiii amores, bom dia!

Tudo bem?

A moda é super rápida e muitas vezes acabamos sendo levados por uma avalanche de tendências, não é mesmo?! Quando nos damos conta, somos mais uma vítima da moda. É preciso ter uma ideia bem clara de quem você é para evitar as crises de “eu não tenho roupa!”, e para isso é preciso saber o seu estilo. O estilo nada mais é do que o reflexo da sua personalidade. E para te ajudar, no post de hoje vou compartilhar como descobrir e saber qual é o seu estilo, e dessa forma evitar certos conflitos existentes dentro de si com a moda.

  • 1º PASSO | ANÁLISE DO SEU GUARDA-ROUPA: Tudo o que compramos, normalmente, são coisas que gostamos, mas as vezes acabamos comprando algo por impulso ou porque está na moda e é tendência. Por isso é muito importante você fazer uma análise no seu guarda-roupa. Pegue todas as suas roupas, e veja o que você realmente gosta e sempre usa, e pode doar aquela peça que você não usa à tempos. Repare em qual tipo de tecido cai bem no seu corpo e qual você mais gosta, seja pelo conforto, caimento ou modelagem. Preste atenção se você gosta de texturas, como por exemplo, peças de couro, veludo ou tecidos com fios diferentes, jeans ou malhas.
  • 2º PASSO | BUSCAR LOOKS QUE VOCÊ GOSTA: Depois de analisar friamente o seu guarda-roupa é hora de irmos para o segundo passo. Busque em revistas ou em sites looks que te agradam, que você gosta e que usaria, então comece a separá-los em uma pasta. Por exemplo, vai lá no Pinterest, crie pastas e separe os looks por estações, como inverno e verão, cerca de 30 looks mais ou menos.
  • 3º PASSO | TRÊS PALAVRAS-CHAVE QUE TE DEFINAM: Depois de ter feito isso, é hora de analisar todos os looks salvos nas pastas. Você deverá escolher três palavras-chave que te definam. Por exemplo, se você é uma menina que gosta de calça jeans e camiseta, uma das palavras que pode usar é praticidade ou conforto, agora se você é uma menina que gosta de usar salto alto, a palavra pode ser elegância, deu pra entender mais ou menos?
  • 4º PASSO | TRIAGEM DOS LOOKS: Agora é hora de enxugar os looks escolhidos e ficar só com aqueles que fazem parte das três palavras que você definiu no passo anterior. Por exemplo, se você escolheu looks com salto alto e saia longa, mas a sua palavra é conforto, looks nesse estilo não vão rolar né?! Você pode até querer usar, mas, agora é o momento da sua essência predominar, e separar somente os looks relacionados com as palavras.

Em consultoria de moda e imagem existe uma outra classificação para estilos, claro que usando todas as dicas dadas até agora, porém em uma classificação mais ”acadêmica” de como descobrir o seu estilo. E isso pode complementar os estilos que você já definiu até aqui. Vamos lá?!

ESTILO DE BASE + COMPLEMENTARES

Existem sete estilos básicos, mas normalmente se escolhe um estilo de base a aí temos outras quatros opções como estilos complementares. Os estilo de base são, o tradicional, o esportivo e o elegante.

  • Estilo Tradicional: É aquele em que a pessoa usa as roupas exatamente como elas devem ser usadas. Se a calça tem passante, ela vai colocar um cinto. Se a camisa é usada para dentro, ela vai usar pra dentro. Pessoas com esse estilo não se abrem muito para as tendências.

tradicional

  • Estilo Elegante: São as meninas mais sofisticadas, que escolhem tecidos melhores, pensam na modelagem das roupas. Por exemplo, preferem comprar uma única peça mais cara, mas que tenha o caimento e o tecido bom, do que comprar várias peças baratas.

elegante

  • Estilo Esportivo: São aquelas que prezam o conforto, roupas pro dia-a-dia mesmo como o jeans, a camiseta, o shorts, o tênis e preferem muito as roupas de algodão ao invés do sintético.

esportivo

Escolhendo um desses estilos base, você pode escolher mais ou menos mais dois estilos complementares. E esses estilos complementares são: sexy, romântica, dramática ou criativa.

  • Sexy: São meninas que preferem decotes, roupas mais justas e curtas, normalmente não são meninas que prezam o conforto, mas é claro que uma menina esportiva pode ser sexy, usando uma calça jeans mais justa, uma blusa com decote e um cabelo mais despojado.

sexy

  • Romântica: Meninas que preferem roupas com modelagens mais femininas. Gostam de usar mais babados, estampas e cores em tons mais pastel, peças mais delicadas como as com renda.

romantico

  • Dramática: São aquelas que amam looks mais cheguei, mas não no sentido cafona de ser. São aquelas gostam muito do preto e não são tão básicas. Usam peças e modelagens um pouco mais diferente.

dramatica

  • Criativa: Meninas que combinam peças bem diferentes entre si. Pessoas que quebram normalmente parâmetros e barreras de moda, criam tendência e que não tem medo de ousar.

criativo

Após esse exercício, consegui definir bem o meu estilo. E você, já sabe qual é o seu estilo? Me conte aqui nos comentários se esse post te ajudou de alguma forma.

Espero que tenham gostado!

Beijos ❤

Fonte: Blog Fashion Frisson

O que é Alta Costura? | BEDA #10

Oiii amores, bom dia!

Tudo bem?

Estou encantada e amando saber mais sobre o universo da moda, buscar informações sobre o assunto tem me incentivado a cada dia querer saber mais, estou adorando, e tenho acompanhado e muito a blogueira Thássia Naves, uma referência de moda na atualidade. Recentemente pesquisei sobre a alta costura e no post de hoje vou compartilhar isso com vocês.

Alta-costura (do francês haute couture) refere-se à criação em escala artesanal de modelos exclusivos, frequentemente bordados com pedrarias e metais preciosos, vendidos por altos preços para clientes abastados. O mercado da alta costura é muito restrito, com poucos compradores e que envolve muito dinheiro.

dsaweawrFotorCreated

Originalmente, o termo foi aplicado ao trabalho realizado pela maison de Charles Frederick Worth, um inglês que produziu em Paris, em 1858, o primeiro desfile de moda conhecido (e, além disso, usando modelos, em vez de cabides, outra novidade na época). Na França moderna, haute couture tornou-se uma denominação que goza de proteção jurídica.

Nos meses de Janeiro e  Julho acontece em Paris a semana de moda de alta costura, porém só podem participar do desfile as marcas que fazem alta costura. E para que a marca possa dizer que faz alta costura, ela precisa atender a determinados requisitos definidos pela câmara sindical de alta costura.

hftedtdgd

As marcas que fazem alta costura não se sustentam disso, pois as peças produzidas são caríssimas e poucas pessoas tem condições de adquirir os modelos. Para que a marca possa se sustentar, ela investe na venda de acessórios, perfume, sapato, bolsa, maquiagens, cosméticos e em roupas mais casuais (que são as peças apresentadas nos desfiles de setembro e março), isso sim sustenta a marca e muito.

Bom, é isso amores, me contem aqui nos comentários o que vocês acharam.

Espero que tenham gostado!

Beijos ❤

 

 

Revistas de Moda e Beleza | BEDA #06

Oiii amores, bom dia!

Tudo bem?

Acompanhar as novidades de moda e beleza é sempre muito bom, saber as próximas tendências e se manter atualizada é maravilhoso, e para isso é muito bacana acessar revistas de moda e beleza e dessa forma ficar por dentro das novidades. O mais legal é que atualmente você não precisa necessariamente comprar a revista na banca ou assinar para recebe-la impressa em casa, pois, agora as revistas podem ser acessadas pela internet ou até mesmo pelo celular e no tablet, através do aplicativo especifico da própria revista.

Se você gosta de moda e adora estar por dentro de tudo, desde os artigos de beleza até às mais recentes tendências e ainda acompanhar as produções de moda , separei aqui cinco revistas de moda e beleza para você comprar ou se preferir baixar e assim ficar por dentro desse universo feminino.

VAMOS A LISTA:

REVISTA VOGUE

A principal revista de moda em todo o mundo e muito conceituada, publicada desde 1892 pela Condé Nast Publications. Mensalmente publica trabalhos de estilistas, escritores, fotógrafos e designers dentro de uma perspectiva sofisticada do mundo da moda, da beleza e da cultura pop. A primeira edição brasileira da revista foi publicada em maio de 1975 sendo a primeira edição na América Latina.

FotorCreated

REVISTA ELLE

Uma revista feminina de moda francesa, publicada pela Hachette Filipacchi Médias desde 1945. A edição brasileira chegou às bancas em maio de 1988. Editada pela Editora Abril conta com uma tiragem mensal de 80.000 exemplares. Anualmente ela entrega prêmios relacionados a moda e estilo e faz coberturas especiais dos eventos de moda que acontecem no país e com uma identidade própria a revista é colocada no topo das melhores e mais bem conceituadas revistas de moda do país.

jhjvhmhjg

REVISTA GLAMOUR

Fundada em 1939 nos Estados Unidos, foi primeiramente chamada Glamour of Hollywood. Uma revista para mulheres e publicada em vários países, incluindo Reino Unido, França, Itália, Alemanha, Espanha, Rússia, Grécia, Polônia, África do Sul, Hungria, Romênia (o mais recente país onde está sendo publicada), Holanda e na América Latina (versão espanhola). Em boa parte dos casos é uma publicação mensal. No Brasil a Glamour foi lançada em abril de 2012 pela Editora Globo.

FotorCreated

MARIE CLAIRE

Revista feminina mensal lançada originalmente na França em 1937. A revista pertence ao grupo de mídia americano Hearst Corporation. É distribuída também em 26 outros países com edições específicas nos respectivos idiomas e conta ainda com uma versão na Internet. A revista aborda assuntos sobre moda, comportamento e atualidades.

gvfgfdtyd

MANEQUIM

Uma revista brasileira publicada mensalmente pela Editora Caras. Seu público-alvo é formado principalmente por pessoas que gostam de moda (estilistas, costureiros e estudantes de moda), ou simplesmente pessoas que gostam de produzir suas próprias roupas. A revista conta com várias seções nas quais constam informações diversas, como moldes para quem quer fazer suas roupas, preços em todos os modelos para quem quer comprar, dicas de como, quando e onde usar as peças da moda. Fundada em 1959, a revista vem escrevendo uma linda história de sucesso, levando informação de moda para mulheres de todas as idades.

nbv

Então amores, vocês se identificam com alguma dessas revistas? Me contem aqui nos comentários.

Espero que tenham gostado!

Beijos ❤

Blogueiras que são Digital Influencers

Oiii amores, bom dia!

Tudo bem?

No post de hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a vida e o trabalho de cinco blogueiras que são digital influencers do mundo da beleza e principalmente da moda. Adoro todas elas, o estilo de cada uma é realmente lindo, incrível e muito inspirador!

Vamos conhecer um pouco da história da Camila Coelho, Helena Bordon, Camila Coutinho, Thássia Naves e Rebeka Guerra e como cada uma alcançou o seu lugar no mundo da blogosfera.

5º Rebeka Guerra

Rebeka Guerra, 26 anos, pernambucana, jornalista de moda, casada e mãe do Damiano. Começou a gostar de moda desde criança e ainda na infância descobriu sua paixão por moda nas passarelas. Com o passar do tempo Rebeka descobriu uma nova paixão, a escrita. Ela se formou em jornalismo, trabalhou com reportagem esportiva e assessoria de imprensa, ela amadureceu com o dia a dia de reportagens e teve a ideia de criar o blog. Rebeka confessa que não foi uma tarefa fácil, mas com o tempo ela foi se realizando. Atualmente tem orgulho de dizer que é jornalista e blogueira, faz parte da primeira plataforma de influenciadores digitais de moda e lifestyle do mundo, o F*Hits.

rebeka guerra

________________________________________________________

4º Camila Coutinho

Camila Coutinho, 28 anos, recifense, designer de moda e casada. Criou o blog Garotas Estúpidas há 10 anos em uma madrugada de insônia. A intenção sempre foi dividir com as amigas as novidades de moda, beleza e celebridades. Seu blog está em sétimo no ranking dos 99 blogs de moda mais influentes do mundo. Em 2016 Camila recebeu o prêmio Geração Glamour de melhor blogueira, inclusive já foi capa de algumas revistas, como Estilo e Glamour e já criou dois projetos especiais, a casa dos youtubers, sendo a primeira edição em 2015 com a participação de 12 grandes youtubers e o projeto social orgulho pink, criado  em 2014 juntamente com Flavia Flores, esse projeto visa resgatar a autoestima de mulheres que estão encarando o câncer.

1ea57a0aa73bd456eb17183032d2cac7

 _______________________________________________________

3º Thássia Naves

Thássia Naves, 27 anos, mineira, publicitária, solteira e apaixonada por moda, viaja sempre buscando novas experiências e tendências. Desde criança, já era cercada de tecidos maravilhosos e admiradora do trabalho de suas avós com os belos vestidos que costuravam. Outra grande influência é sua mãe, referência em bom gosto, elegância e educação. Para ampliar seu conhecimento, realizou o curso de Image Consultant no Istituto Marangoni Paris e atualmente é uma grande influencer da moda e seguidas por milhões de leitores.

thaissa

________________________________________________________

2º Helena Bordon

Helena Bordon, 30 anos, apaixonada por moda há muito tempo! Como se fosse uma herança de família, um amor passado em gerações, onde desde os 7 anos  acompanha sua mãe, Donata Meirelles, em todas as Semanas de Moda da Europa. Depois de morar em Londres, estudar em NYC, estagiar no Valentino, Helena se aventurou em abrir uma rede de fast-fashion chamada 284 e depois de tantas idas e vindas, resolveu criar um site para compartilhar com todo mundo o passeio da sua vida e hoje é uma grande digital influencers.

f3e7c77e13f8fdc3bea75b7deca489bc

________________________________________________________

1º Camila Coelho

Camila Figueiredo Coelho, 28 anos, mineira e casada. Tinha um fascínio por batons, produtos para cabelo e tudo que envolve o universo da beleza. Por conta disso, decidiu fazer um curso de maquiagem, e, em seguida, foi trabalhar na Dior, na loja Macy’s, além de atender também clientes em domicílio, como noivas e madrinhas. Em 2010, após descobrir o canal da americana Kandee Johnson, resolveu abrir seu próprio canal. Um ano depois, no mês de abril de 2011, abriu seu blog Super Vaidosa, e, após apenas seis meses, Camila deixou o trabalho para dedicar-se ao blog. Rapidamente, lojas virtuais passaram a enviar produtos para a blogueira, que testava as maquiagens ou usava as roupas, e logo postava uma foto ou vídeo com sua opinião. O blog tornou-se seu negócio, sendo administrado por ela juntamente com seu marido. Com o exito do blog e do canal a maquiadora passou estampar capas de revistas e a ser requisitada para ser imagem de marcas bem como Le Postiche, Natura, Riachuelo, entre outras. Atualmente seu blog não carrega mais o título Super Vaidosa e sim seu próprio nome, Camila Coelho. Em Abril de 2016, ganhou o prêmio da geração glamour como beauty influencer e tem milhões de seguidores em suas redes sociais e no youtube e claro, também faz parte da plataforma de maiores influenciadores do mundo, o F*Hits.

71062ee80b34f4f36d903380d3942eac

Essas são só cinco das inúmeras blogueiras que são digital influencers, elas são lindas não são? Das cinco, somente a Helena que conheci a pouco tempo, mas as demais acompanho desde sempre, adoro e muito!

Me conte aqui nos comentários qual é a digital influencers que você acompanha e admira?

Espero que tenham gostado!

Beijos ❤